Prefeitura de Agudo decreta Situação de Emergência

09 Janeiro 2020

            O Prefeito de Agudo, Valério Trebien, decretou na tarde desta quinta-feira, dia 9 de janeiro, Situação de Emergência na área rural do Município afetada pela Estiagem.  A decisão leva em conta os baixos índices pluviométricos dos últimos meses, no interior do Município, ocorrendo casos em que há falta de água para o consumo humano e animal, com córregos e sangas desaparecendo. São registrados prejuízos nas culturas de soja, tabaco, milho, feijão e arroz e também nos setores de gado leiteiro, gado de corte, todas essas culturas com redução na produtividade e até mesmo perda total em algumas lavouras. Na tarde desta quinta, representantes da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Gestão Ambiental, Defesa Civil Municipal, Emater, Irga e instrutores de empresa de tabaco voltaram a se reunir para analisar os efeitos causados pela estiagem no Município de Agudo. Diante da escassez, a Defesa Civil está alertando para o uso consciente da água, principalmente, aos usuários das redes de água do interior.